Novidades Loyola (22.08.13)
agosto 23, 2013
O Papa Francisco eleva a voz em defesa “da amada nação síria” – 25.08.13
agosto 25, 2013

Santa Clara

Santa Clara, “irmã de toda irmã”, padroeira da Televisão, fundadora das clarissas, é festejada pela Igreja no dia 11 de agosto. Moça da aristocracia, finamente educada, como podemos facilmente comprovar pelos seus escritos *, tinha um primo entre os primeiros seguidores de São Francisco, o Pobrezinho. Frei Rufino a apresentou a Francisco, e ele lhe mostrou o caminho da vida evangélica, o seguimento de Jesus, pobre e humilde. Com a bênção do Bispo, no Domingo de Ramos de 1211, saiu da Catedral direto para uma pequena capela, onde o Santo lhe deu o hábito religioso com o véu preto e o famoso cordão. Foi junto da igrejinha de São Damião, reconstruída por iniciativa de Francisco, a pedido do Crucifixo, que ela começou a viver com algumas amigas segundo sua vocação. Surgiam as “Damas Pobres”, mais conhecidas como Clarissas. Suas irmãs a seguiram: Inês e Beatriz. Mais tarde a própria Mãe.

No seu testamento, Clara escreveu: Se em algum tempo acontecer que as Irmãs tenham de deixar este lugar para se estabelecer em outro, sejam obrigadas (…) a observar a forma de pobreza que prometemos a Deus e a nosso bem-aventurado pai Francisco.

Santa Clara se tornou Padroeira da Televisão (coisa que lhe deve dar muito trabalho lá no céu!), talvez por sua capacidade de ver e prever por onde seguir nosso Senhor. Muito devota do Santíssimo, anteviu que os muçulmanos iam atacar o convento. Embora doente, saiu ao encontro dos agressores com a Santa Hóstia exposta. Estes, respeitosamente, recuaram.

Provavelmente, adoradora de Jesus Sacramentado, Santa Clara terá tido devoção ao jovem mártir da eucaristia, São Tarcísio, cuja memória é celebrada no dia 15 de agosto. O martírio do jovem romano foi narrado por São Dâmaso, Papa. Ele morreu apedrejado sem abrir os braços, que apertavam contra o peito as Sagradas Hóstias, que levava para a comunhão dos cristãos perseguidos e aprisionados.

* Fontes Franciscanas e Clarianas, Vozes / Petrópolis / RJ, 2004