Inferno? O Papa Francisco responde às crianças
março 10, 2015
O inferno e o fim do mundo
março 12, 2015

A Universidade inovadora imita Deus, o Inovador

A Universidade inovadora

Pe. Theodoro P. S. Peters, SJ
Presidente da Fundação Educacional Inaciana Pe. Saboia de Medeiros, Mantenedora da FEI (São Paulo e São Bernardo / SP)

A natureza é uma obra de arte, na qual as digitais divinas estão impressas. A diversidade espelha-se no firmamento celeste: constelações, estrelas, astros em movimento; na imensidão das águas: marítimas, fluviais, lacustres; na variedade da superfície terrestre em seu relevo: cordilheiras, montanhas, planícies, savanas e desertos, pululando a vida em seus reinos: vegetal, animal… Propícias e excelentes condições para que brotasse a racionalidade, apanágio humano.

Os autores bíblicos apresentam o ateliê divino, do qual sai a sua obra prima: o homem e a mulher. Nesta obra sábia e boa está inscrita a Imagem do Criador, para que, semelhantes a Ele, possam cuidar da vida de toda a natureza. Nos salmos é cantada a Criação: “Como é grande o Nome de Deus em toda terra”… “a criança pequenina amamentando-se no seio materno”… “a lua e as estrelas cintilantes”… (1). O ser humano se maravilha porque tudo está ao seu alcance porque a inovação é ação divina inspirando a todas as pessoas. Deus é Inovador! O salmista canta: “Envia o teu Espírito Senhor, e renova a face da terra”. (2) Revela-se tornando possível a acessibilidade a todos os bens.
O Espírito divino torna nova a face da terra. Está inscrito no ser de cada homem e mulher. É próprio de Deus estimular a criatividade, torcer pela felicidade humana, destruir o mal e o pecado. Ele não tem rival. Inova, favorecendo a pessoa a vencer em tudo o que apequena, restrinja, limita, prenda o sujeito em si mesmo, impedindo-a de traçar suas próprias rotas. Ele inspira o modo de ser, ensinar, pesquisar, partilhar as ações comunitárias e sociais. Incentiva para a reflexão profundamente pessoal e a participação ativa em redes de estudo e pesquisa.

O Inovador, em sua fonte, deseja semear a inovação através do ser humano; o Renovador, com seu Espírito, alavancar as boas iniciativas. O ser humano questiona o infinito através do conhecimento, da curiosidade em busca de todas as respostas e soluções para as questões que se apresentam, ou são suscitadas. Tudo é abarcado pelo seu interesse.

Partilhando estas convicções, a Comunidade Acadêmica do Centro Universitário da FEI reafirma sua vocação inovadora desde a sua origem, ajudando na formação pessoal e profissional da juventude.

Juventude capaz de focar sinergicamente sua energia, talento e capacidade. Apta para aprofundar os argumentos, as teorias, os estudos, criando novos aplicativos laboratoriais. Atilada no discernimento dos valores irrenunciáveis, buscando o bem comum e extirpando o que faz mal. Inovadores nos estudos, pesquisas, laboratórios, projetos, protótipos e nas atitudes pessoais e profissionais, desenvolvendo as virtudes de atenção aos outros, consciência reta, cidadania clarividente, liderança perspicaz. Tornando-se facilitadores para o caminho a ser traçado, a pesquisa a ser implantada, a patente de produtos que só a pessoa formando-se bem é capaz de criar.

Renovar a face da terra, transformar a sociedade, qualificar a vida é a autentica Inovação, o projeto divino realizando-se pelas mãos e mentes humanas. Mãos à obra no atelier da Inovação. Mentes em busca das melhores opções.

Notas:
(1) Salmo 8
(2) Salmo 104,3