Leitura Orante: Firmemo-nos na bênção! Da Carta aos Coríntios de São Clemente I, Papa *
fevereiro 3, 2015
Dois lançamentos! Novíssima edição da TEB e Cófdigo do Direito Canônico, com novos…
fevereiro 6, 2015

Bom dia, Jesus manso e humilde de Coração!

Bom dia, Jesus, manso e humilde de Coração!

Animada com suas palavras:

“Venham a mim, vocês todos, que estão cansados de carregar peso e se sentem oprimidos sob ele, e eu lhes darei descanso”( Mt 11, 28) ;

para que o meu dia seja realmente bom, preciso fazer-lhe um proposta: cada dia, pela manhã, empresta-me o seu coração e fique com o meu… pois, necessita de uma profunda limpeza; vá deletando todos os sequestradores do navegador, vírus e tudo mais que não é conforme o Projeto que você pensou a meu respeito. Para você nada é impossível. À noite faremos novamente a troca… Tenho certeza de que valeu a pena… a troca foi muito boa!

Minha mochila está pesada… Veja só! Um coração duro, insensível á sua Palavra e ao seu grande amor. Um coração fraco, pobre, cheio de misérias e limitações; às vezes amarrado, fechado, ferido, quebrado, intolerante, egoísta, auto-suficiente, orgulhoso, bravo, pavio curto, com dificuldade de perdoar, incoerente, etc. etc.

“Eu vos darei um coração novo e porei em vós um espírito novo; tirarei do vosso peito o coração de pedra e vos darei um coração de carne” (Ez 36,26).

Aos poucos, Jesus, eu vou aprendendo o seu jeito de amar, de ser, de falar, suas atitudes, como acolher e olhar as pessoas, com seus olhos para não ver senão o bem,
perdoar com a ternura e misericórdia de seu grande coração.

“Jesus andava por todas as cidades e aldeias ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do Reino e curando toda espécie de doenças e enfermidades”
( Mt 9,35 ).

Jesus me coloco em sua presença, com todas as pessoas que necessitam de cura; quero matricular-me na sua escola, pois tenho muito a aprender com você, torna-me sensível aos teus apelos, e transforma-me num microfone apto e iluminado para viver e transmitir sua Palavra sendo presença de seu grande Amor para todos.

Ir. Teresa Cristina Potrick, ISJ