Um bolo fácil de “Isabel” e uma panelada de peixe “Pe. Marciano”
abril 19, 2013
Bolo que pode ser “sugarless”
abril 19, 2013

Chicória, acelgas, brócolis

12-2.tifRepolhos ou couves “de Bruxelas

São pequenos, do tamanho de um ovo grande, às vezes pequeninos, do tamanho de uma noz. Devem ser consumidos muito frescos. Toma-se um litro destas couves, cortando as extremidades dos pés, retirando as folhas velhas e colocando para cozinhar em alga salgada a gosto. Deixa-se ferver por uns 15 minutos, sem tampar a panela, pois, senão, elas ficarão amareladas. Depois de cozidas, tirar a água, enxugar e pôr numa panela com manteiga e um pouco de sal e pimenta (a gosto), mais salsa cortada fininha. Para que as couves peguem bem a manteiga, sacudir a panela. Não se mexe com colher, para não desmanchar e quebrar as couves. Quando a manteiga derreter e estiver quente, despejar na travessa e servir. Bom acompanhamento para bifes, costeletas ou frango assado.

Chicória

chicória branca

chicória branca

Escolher umas 6 chicórias brancas, tirando as folhas duras, lavar bem e levar ao fogo para cozinhar por cerca de 25 minutos. Deixar esfriar e de pois bater por cerca de 15 minutos, para, em seguida preparar como espinafres.

Chicória com manteiga

Depois de escolher e lavar em água e sal, cozinhar. Escorrer. Colocar no fogo uma panela com uma colher de manteiga fresca, uma colherzinha de fécula de batata, sal, pimenta, colocando, em seguida, a chicória, mexendo para que tome a manteiga por igual.

Chicória com molho branco

O preparo é idêntico ao anterior, somente que se liga com molho branco.

acelgaSelgas “au gratin”

Cozinhar as selgas (acelgas) em água com sal e cheiros; Depois de corrida, escorrer muito bem. Arrumar numa travessa, que possa ir ao forno, da seguinte maneira: uma camada de manteiga fresca derretida, uma de selga, outra de manteiga, uma de queijo parmesão ralado e assim até acabarem as selgas, sendo que a última camada de queijo deve ser coberta com farinha de rosca. Ir ao forno para corar.

Selga frita

Tirar os talos do centro de cada folha, cozinhá-los em água a ferver com “bouquet” de cheiros e sal. Deposi de cozidos, passa-los em água fria, enxugar e passar cada talo, cortado em dois, em massa de fritar. Fritar em gordura (ou óleo) bem quente. Aproveitar as folahs para sopa.

Selga com molho branco

Cozinhar os talos como na receita anterior e servir com molho branco. As folhas ou podem ser aproveitadas para sopa, ou preparadas como espinafre sobre fatias de pão.

Brócolis

brocolis

Tirar a parte dura dos brócolis e as folhas amareladas. Descascar os talos. Cozinhar em água a ferve, com sal, cebolas e cheiros. Colocar numa panela com 2 colheres de azeite doce de muito boa qualidade. Estando quente, colocar algumas rodelas de cebola, pimenta e passar os brócolis, já cozidos, neste molho, deixando um pouco a panela perto do fogo. Pode-se servir sem molho, temperado como salada.