Coisas da Bíblia: O Faraó que não conhecia José
abril 17, 2013
No tempo de Ramsés II…
abril 17, 2013

Coisas da Bíblia: As Mães Hebreias

moises_maehebreiaPe. Paiva, SJ

Engraçado que o poder não está onde pensamos, por costume, que está: do lado dos faraós (os “casa grandes”) deste mundo! Por isso o faraó daquele tempo ficou impressionado com o número dos filhos das mães hebréias (Ex 1,12). No nosso tempo, os europeus se impressionam com o número de filhos dos africanos, dos turcos, dos muçulmanos. Pelo mundo afora, hoje em dia, se espalhou o medo das crianças. Daí as insistentes campanhas para que não nasçam muitas crianças, para que se adotem políticas para que as pessoas tenham apenas um filho.

O faraó antigo é muito parecido com os modernos faraós. Ele mandou que se matassem os meninos de Israel! Como não haviam técnicas disponíveis para o aborto feito por médicos, as parteiras deviam sufocar os meninos nascidos. Um pouco diferente do que está acontecendo na China e na Índia: com a política dos faraós de lá, cada casal só pode ter um filho. Com a preferência tradicional por filhos homens, começa a haver um desequilíbrio crescente. Alguns estudiosos avisam que, em poucos anos, na China, 75% da população será masculina… Dá para imaginar?

Se os faraós têm tanto medo das crianças é que o poder deles é coisa de nada: “Vamos proceder sabiamente contra eles, para que não se multipliquem mais” (Ex 1,9-12). Assim os oprimiram com trabalhos pesados nas construções do faraó. Nos nossos tempos, há tanto trabalho para pagar as contas, o problema de moradia é tão agudo, a necessidade de “ter um carro” (ou mais de um) é tão impiedosa, que “o jeito” é só ter um filho.

Assim mães e filhos são o poder da vida, apavorando os falsos poderosos deste mundo, mais preocupados em construir seus palácios cada vez mais fabulosos (dizem que já tem um de 800 metros de altura!). Mas os faraós não contam com Deus, que gosta de crianças! E tomou partido pelas crianças, suas mães e as parteiras: “Por isso Deus da Vida se mostrou propício com as parteiras. O povo continuou a crescer e a tornar-se extremamente forte, Quanto às parteiras, por terem temido a Deus, Ele lhes concedeu família” (Ex 1, 21).