Adorando o Verbo de Deus, Filho de Maria, no Dia Mundial da Paz, 1o de Janeiro
janeiro 1, 2015
As palavras do Papa sobre os insultos às religiões: o sentido de limites.
janeiro 16, 2015

Como não se manchar com o dinheiro…

Todos precisamos de dinheiro. Na maioria dos países não se vai muito longe sem ganhar dinheiro. Num belo livro sobre “A pobreza”, o pregador dos papas, Frei Raniero Cantalamessa (Loyola 2015, 7ª edição), citou um conhecido seu, homem de negócios inglês, a respeito do uso (não abuso) do dinheiro:

“O dinheiro é uma coisa que mancha. A única maneira de não se deixar manchar por ele é usá-lo honesta e generosamente. Devo considerá-lo como meio de fazer o bem aos outros, e não em função de minha exclusiva felicidade e segurança. Eu sou um simples administrador chamado por Deus para usar os talentos e a riqueza que me concedeu para construir seu reino aqui na terra. Serei julgado sobre minha administração e não sobre a minha riqueza. Não posso servir-me do dinheiro para contratar um advogado melhor ou para corromper um juiz. Só posso empregá-lo para preparar-me um tesouro no céu com o menor ato de amor e de altruísmo, para com o último dos irmãos e irmãs de Jesus, que ele me confiar como auxiliar”.

Quem o conheceu sabe que tal foi realmente a norma de sua vida. Também a ele Jesus deu o poder de vencer o deus dinheiro (ver obra citada p. 56).