Suma contra os Gentios: obra prima de Santo Tomás!
setembro 30, 2015
O Papa e Santa Teresinha – 1o de outubro de 2015
outubro 1, 2015

Comunhão: Quantas vezes? Preparação da 1a Comunhão!

159. Quantas vezes o fiel cristão deve comungar?

A Igreja recomenda vivamente que os fiéis esteja preparados e dispostos para comungar todas as vezes que participem da Santa Missa. Ora, todos nós, os fiéis, temos o dever de participar, quanto possível, cada domingo da celebração eucarística (ou do culto dominical onde não é possível contar com a presença de um sacerdote para celebrar a Eucaristia).

É mandamento da Igreja comungar pelo menos uma vez por ano, de preferência no Tempo Pascal. No Brasil, pode-se cumprir esta lei da Igreja em qualquer época do ano.

É muito recomendada a comunhão diária, se possível, dentro das condições devidas para bem receber o Santíssimo Sacramento. Há casos em que o fiel pode comungar até uma outra vez no dia, por exemplo, quando, depois de participar de uma Missa, tem ocasião de participar de uma segunda celebração eucarística.

Os Padres, para o serviço do povo nos domingos e festas, são autorizados a celebrar até três Missas. Nos dias comuns, se for necessário, sempre para o bem do povo, podem celebrar até duas vezes.
161. Como deve ser a preparação à comunhão, sobretudo à primeira Eucaristia?

Às vezes esta preparação é apressada e superficial. É preciso, pelo contrário, que ela seja carinhosa, toque a nossa vontade e que comunique, com a graça de Deus, devoção e amor. Daí que muito se recomenda que a preparação seja também uma oração pessoal e íntima, abrindo caminho à oração em comunidade e na grande Igreja (oração litúrgica).