Tripas, figado, rins, rabada
Fevereiro 3, 2017
Nossa Senhora de Lurdes – 11 de fevereiro
Fevereiro 10, 2017

Confissão individual? Condições do perdão. Efeitos do Sacramento.

168. No sacramento é sempre necessária a confissão individual dos pecados mortais?

Sim. Na confissão dita comunitária, por falta de tempo e de sacerdotes suficientes, não há, na hora, a escuta individual da confissão dos pecados, mas quem tem na consciência pecados mortais, tem a obrigação de depois, na primeira ocasião possível, procurar o sacerdote individualmente para que o perdão sacramental tenha valor. O fiel cristão tem direito a um cuidado personalizado por parte dos seus pastores; o pastor tem o dever de dar este cuidado aos fiéis. O Bom Pastor é o que deixa as 99 ovelhas bem guardadas e vai cuidar daquela única que está perdida.

Quem usa a confissão comunitária para obter a absolvição de pecados graves e fugir da confissão individual, ou o sacerdote, que recorre à confissão comunitária por fuga do trabalho do confessionário, procede mal e não entendeu o que o Sacramento exige para ser útil e válido.

169 Quais são as condições para obter o perdão (a absolvição)?

Conforme a palavra do Apóstolo, temos de proceder seguindo a verdade no amor (Ef 4,15.21). Ora, é falta grave ocultar, conscientemente, um pecado na mesma ocasião de alcançar o perdão deste pecado. É preciso ser honesto e sincero, acusando-se de modo que o confessor saiba a realidade. Por exemplo: alguém que roubou, precisa dizer se roubou muitas vezes e se houve circunstâncias agravantes como: roubou causando grande prejuízo, usando violência e até assassinando alguém, etc. Na verdade, por exemplo, faz diferença pegar uma fruta no quintal do vizinho sem licença ou contra a vontade dele, sem violência ou com violência. É muito diferente ter caído uma vez em tentação, ou ter adquirido o vício de roubar, ou ter feito do roubo uma “profissão”, ou um modo de vida para enriquecer e manter o poder e a riqueza, em prejuízo do governo e da sociedade.

Por isso, para obter o perdão de Deus e de sua Igreja é necessário estar sinceramente arrependido, ter decisão de corrigir-se (emendar-se), reparar (quanto possível) o dano causado ao próximo e acusar-se de todos os pecados graves não devidamente confessados ainda.

170 Quais são os efeitos do sacramento da reconciliação?

Muitos fiéis sentem-se aliviados, consolados, iluminados e confirmados no bem. O mais importante é a graça de Deus, a reconciliação com Deus e com a Igreja, Corpo do qual Cristo é a Cabeça (Ef 1,22). De fato, o pecado mortal não é só uma agressão aos direitos de Deus sobre nossos corações e vidas, mas diminui a santidade da Igreja, da qual somos membros, de acordo com o que Paulo nos lembra: Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? Será que ireis tomar os membros de Cristo para fazê-los membros de uma prostituta? (1Cor 6,15). O sacramento da reconciliação nos devolve a união com Cristo no seu Espírito e na sua Igreja. De fato é o Cristo mesmo quem nos diz neste sacramento: Filho os teus pecados te são perdoados! (Mc 2,5; ver Mt 18,18).