O Papa Francisco inclui invocação a São José nas Orações Eucarísticas II, III e IV
julho 4, 2013
São Cipriano: o Pai Nosso (3) – Santificado seja o Vosso Nome *
julho 7, 2013

Novidades Loyola (03.VII.13): um produto oficial da JMJ; nova biografia popular de D. Luciano…

Novidades Loyola (03.VII.13)

Antônio Miguel Kater Filho, “Viva intensamente – 30 dias com Santa Teresinha – a Patrona da JMJ RIO 2013 – Produto oficial da JMJ RIO 2013”, Loyola / SP, 2013, 17×12, 174 pp.

13627_SOBRECAPA_Trinta dias com Santa Teresinha do menino Jesus.

O Autor, teólogo, profundamente interessado no estudo da trajetória profundamente humana dos santos, ajuda a preparação interior dos peregrinos brasileiros à JMJ RIO 2013, unindo a reflexão sobre os problemas que tocam nossos dias, duas dificuldades e lutas, com a iluminação que lhes pode vir desta jovem Doutora da Igreja. Ele não nos deixa esquecer os períodos difíceis da pequena Teresa: a orfandade precoce, a depressão, a tuberculose óssea que a levou. Muito útil e apropriado para que o leitor – também o leitor jovem – se aprofunde no Mistério da Encarnação e no Mistério Pascal, descobrindo que, pela cruz de cada dia, chegamos à consolação e alegria verdadeiras.

Frei Diogo Luís Fuitem, OFMConv, “Dom Luciano Mendes de Almeida – uma vida luminosa”, Loyola / SP, 2013, 18×12, 95 pp.

Cpa Dom Luciano Mendes.indd

O Autor foi aluno de Dom Luciano. Dirigiu a revista “Mensageiro de Santo Antônio” e, atualmente, trabalha na pastoral direta e como comunicador na Rede Milícia SAT. Sua biografia de Dom Luciano tem formato e cunho popular, e, sem dúvida ajudará à memória deste grande Bispo jesuíta, amigo de toda gente, sobretudo dos mais abandonados, cujo processo de beatificação está em curso.

Bruno Forte, “As cores do amor”, Loyola / SP, 2013, 17×12, 76 pp.

O Autor, professor universitário, conferencista, orienteador de retiros espirituais, atualmente Arcebispo de Chieti-Vasto, Itália, é conhecido escritor, sempre com foco pastoral, preferindo livros de comunicação direta para um público amplo. Nesta obra focaliza a vida de casal, seu relacionamento, o diálogo conjugal e a Trindade como modelo definitivo do matrimônio.

Cpa As cores do amor.indd

Ana Paula Repolês Torres, “Direito e política em Hannah Arendt”, Loyola / SP 2013, Coleção “Humanística”, 21×14, 211 pp.

Liv_Dir&PolHArendt

A Autora é docente da UFMG, é pesquisadora na Linha de Pesquisa Filosófica, Social e Política na mesma Universidade, e no Observatório da Justiça Brasileira – OIB / Cesal. Estudando o pensamento desta grande filósofa do século passado, a obra põe em relevo o “casamento indissolúvel”, mas sempre tenso, entre política e direito. Entretanto, o foco principal não deixa na sombra, antes ilumina, debates permanente do nosso pensar, mesmo dos não estudiosos das ciências humanas. Assim somos convidados a acompanhar a Autora, seguindo os passos de Hannah Arendt, num questionamento de todos os tempos: “Vivos ou mortos?”; “Sobre a condição humana: possibilidades e limites”; Além do governo e da lei”; “O paradoxo da fundação”. Esta obra certamente será válida para os interessados em filosofia, direito, ciências políticas, educação, e, muito provavelmente para psicólogos e o público mais vasto, que costuma se debruçar sobre as questões culturais que afetam nosso ser humano.