Papa Francisco aos jovens: casamento, teoria do gênero, o sínodo (Nápolis 22.03.15)
março 23, 2015
O Papa Francisco testemunha o milagre de San Genaro, São Januário (Nápolis 22.03.15).
março 23, 2015

O Papa em Nápolis: “Corrupção fede”.

• “A corrupção fede! O mal rouba a esperança em Nápolis”!

• A respeito da exploração dos imigrantes: “Onze horas de trabalho por 600 euros e sem recolhimento para aposentadoria! Tudo isto é escravidão, não é cristão, não devemos nos calar… Os imigrantes não são seres humanos de segunda classe. São cidadãos, são filhos de Deus como nós, são migrantes como nós, porque todos somos migrantes para outra pátria… Se fecharmos a porta aos imigrantes, se lhes tiramos o trabalho e a dignidade, como chamar estas coisas?Chama-se corrupção, e todos temos a possibilidade de sermos corruptos. Ninguém pode dizer: ‘Eu nunca serei corrupto’. É uma tentação, é um deslizar para negócios fáceis, para a delinquência, para a corrupção. Quanta corrupção há no mundo! Avancemos na limpeza da própria alma, na limpeza da cidade, na limpeza da sociedade, para que não haja mais o fedor da corrupção.
• O Papa denunciou um sistema econômico que “descarta os jovens e os priva de trabalho, da possibilidade de levar o pão para casa”.
• “A falta de trabalho rouba a dignidade”.
• “A corrupção fede, a sociedade corrupta fede e um cristão, que acolhe em si a corrupção, fede e não é um cristão”.

(extraído de Vatican Insider, La Stampa, Itália, 22 de março de 2015)