“O Rosto da Misericórdia” do Papa Francisco: breve leitura orante *
abril 16, 2015
Mais dois volumes de Vieira! Semiótica! Tomás de Aquino!
abril 22, 2015

Publicada pela Loyola a Bula “O Rosto da Misericórdia” do Papa Francisco!

Francisco, “O Rosto da Misericórdia – Misericordiae Vultus” – Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia”, Paulus & Loyola / SP 2015, Coleção “Documentos do Magistério”, 21×14, 29 pp.

 

Documento que não tem caráter formalista e burocrático, mais se identificando com uma oração partilhada, de tom terno e convicto, esta bula anuncia o Jubileu Extraordinário, a começar com a abertura da Porta Santa na Basílica de São Pedro e de “Portas Santas” em Dioceses do mundo inteiro, na Solenidade da Imaculada, 8 de dezembro deste ano. O Jubileu se encerrará, com o fechamento simbólico das portas, na Solenidade de Cristo Rei de 2016.

O Santo Padre assinou como “Francisco, Bispo de Roma, servo dos servos de Deus” e endereçou a Bula “a quantos lerem esta carta”, desejando-lhes “graça, misericórdia, paz”. Começa, com fé, escrevendo: “Jesus Cristo é o rosto da misericórdia do Pai”.

Seu último parágrafo: “Neste Ano Jubilar, que a Igreja se faça eco da Palavra de Deus, que ressoa forte e convincente, como uma palavra e um gesto de perdão, apoio, ajuda, amor. Que ela nunca se canse de oferecer misericórdia e seja sempre paciente a confortar e perdoar. Que a Igreja se faça voz de cada homem e de cada mulher e repita, com confiança e sem cessar: ‘Lembra-te, Senhor, de tua misericórdia e do teu amor, pois eles existem para sempre'” (Sl 24/25,6).

Certamente, pastores e leigos, católicos e não católicos, encontrarão o que meditar e rezar neste notável texto, saído da inteligência pastoral e do coração amigo do Papa Francisco.