Santo Agostinho nos dá dicas para orar bem – 3
novembro 20, 2014
Bento XVI escreve sobre o Coração de Jesus – 1 – Isaías e Pio XII
novembro 27, 2014

Santo Agostinho nos dá dicas sobre como rezar bem – 4

 

– Quem diz, por exemplo: “Sê glorificado em todos os povos, assim como foste glorificado em nós (Eclo 36,3); e “Sejam reconhecidos fiéis os Teus profetas (Eclo 36,15), o que Diaz senão “Santificado seja o Teu Nome”?

 

Meditando: Senhor, como não poderíamos querer que Teu Reino de amor e justiça se espalhe pó toda a terra e conquiste o coração de todos os povos? Só Tu és Bom!

 

– Quem diz: “Deus dos Exércitos, converte-nos e mostra Tua Face e seremos salvos” (Sl 79 / 80,4), o que diz senão: “Venha o Teu Reino”?

 

Meditando: Como Jeremias eu Te suplico: “Converte-me e serei convertido” (Jr 31,18)! Sem Ti nada posso fazer!

 

– Quem diz: “Orienta meus caminhos segundo Tua Palavra e nenhuma iniquidade me dominará” (Sl 118 / 119, 133), o que diz senão: “Seja feita a Tua Vontade assim na terra como no céu”?

 

Meditando: Tua Vontade, Bom Senhor, é formosa e boa! Cumprir Tua Vontade é confiar no Teu Coração!

 

– Quem diz: “Não me dês indigência nem riquezas” (Pr 30,8), o que diz senão: “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje”?

 

Meditando: Que não falte água, pão e todo o necessário a cada ser humano! Que os corações sejam movidos a cumprir esta vontade Tua! Que nosso egoísmo seja vencido e a generosidade seja nossa virtude e dom!

 

– Quem diz: “Lembra-te, Senhor, de Davi e de sua mansidão (Sl 131/132,1); ou: “Senhor, se assim agi, se há iniquidade em minhas mãos, se paguei o bem com o mal” (ver Sl 7,14), o que diz senão: “Perdoa nossas dívidas assim como perdoamos a nossos devedores”?

 

Meditando: Bom Jesus, partilha com nossos duros corações a misericórdia, compaixão e ternura do Teu Sagrado Coração! Faze nossos corações semelhantes ao Teu!

 

– Quem diz: “Arrebata-me de meus inimigos, ó Deus, e dos que se levantam contra mim liberta-me” (Sl 58/59,1), o que diz senão: “Livra-me do mal”?

 

Meditando: Livra-nos, sobretudo, de admitir em nossos peitos corações egoístas! Livra-nos da infidelidade, do pecado, da busca dos prazeres à custa da virtude!

 

E se percorreres todas as palavras das santas preces – em meu parecer – nada encontrarás  que não esteja contido nesta oração do Senhor, ou que ela não encerre. Por isso, cada pessoa é livre de dizer estas ou outras palavras, mas não é livre para dizer coisa contrária.

 

Meditando: Senhor, dá-nos um profundo carinho pelo “Pai Nosso”. Ensina-nos a rezá-lo sempre com delicadeza, amor e fé!

 

– Sem a menor sombra de dúvida, é isso o que devemos pedir  na oração: por nós, pelos nossos, pelos estranhos e até pelos inimigos… Temos de pedir ao Senhor Deus a vida feliz a que devemos tender. O que seja ser feliz tem sido muito discutido. Nós, porém, porque haveremos de ir atrás de muitos e de muitas coisas? Nas Escrituras de Deus, com toda verdade e brevemente, se diz: “Feliz o povo que tem por Senhor o próprio Deus” (Sl 143/144,15). Para sermos deste povo, chegar a contemplar Deus e com Ele viver eternamente, “a meta do preceito é a caridade, com um coração puro, consciência boa e fé sem hipocrisia” (ver 1Tm 1,5).

 

Meditando: Jesus, por isso cantamos: “Com minha Mãe estarei, na santa glória um dia, junto à Virgem Maria, no céu triunfarei”! Salva-nos, ó nosso querido Salvador!StoAgostinho_coração