Deuteronômio: Quando a Vontade de Deus parece impossível de cumprir (Dt 1,20-3,29)
fevereiro 28, 2015
Nova Bíblia Ecumênica: Pentateuco com novas notas! Direito Canônico com notas atualizadas!
março 2, 2015

Santo Albino (+ 554) 1º de março

 Nos nossos dias, muitos cristãos acreditam que a melhor maneira de viver é não contrariando a opinião da mídia e do que se chama “pensamento politicamente correto”. Com toda boa vontade e intenção querem que a Igreja se adapte à voz das maiorias, que seja “compreensiva e misericordiosa”, aceitando não só o pecador, mas seu comportamento não evangélico (o que seria pura permissividade e não compaixão!).

Assim, talvez, Santo Albino não seja muito bem lembrado… Mas ele teve ânimo para ser cristão, “fermento na massa, luz nas trevas”. Não sabemos em que ano ele nasceu (talvez 469). Apenas somos informados que morreu no dia 1º de março de 554. Era de família rica, e viu nascer, ainda jovem, a vocação ao seguimento fiel de Cristo. Deixou os bens e seu título de nobre e se fez monge. Seus companheiros, admirando sua entrega e doação, o elegeram abade. Ele os orientou e iluminou com a Palavra de Deus por cerca de 25 anos.

SantoAlbino

Foi escolhido Bispo de Angers, França, mas logo despertou forte oposição, pois trabalhou firmemente, entre outras coisas, pela castidade do clero e para que todos, também os nobres, cumprissem o preceito da Igreja de frequência à Missa dominical. Sofreu ameaças de morte. A muitos parecia um exagerado, incapaz de compreender a debilidade humana, um “estraga prazeres”. Mas, no fundo, no fundo, era venerado e amado, pois nele se reconhecia um cristão de verdade! Assim, quando morreu, logo o tiveram como um santo e construíram uma igreja em sua honra, onde colocaram as relíquias do seu corpo, templo de Espírito Santo (ver 1Cor 6,19). Podemos invocar Santo Albino para que nos alcance firmeza de coração e lealdade sincera a Nosso Senhor Jesus Cristo e a Seu santo Evangelho!