O Papa na festa dos 500 anos da reforma luterana! A declaração comum.
novembro 8, 2016
O Papa no Jubileu dos Excluídos (11 a 13 de novembro de 2016)
novembro 15, 2016

Santo Estanislau Kostka

Santo Estanislau Kostka (1550-1568)

13 de novembro

Faz bem relembrar este santo jovem, que morreu com 18 anos incompletos. Ele nasceu de família nobre, cheia de orgulho de classe, na Polônia. Os colégios da nova Ordem dos Jesuítas eram considerados a grande novidade no mundo educacional da Europa daqueles anos. Por isso ele foi enviado com o irmão mais velho para estudar no Colégio dos Jesuítas em Viena, Áustria. Moravam num quarto alugado, na casa de um luterano, anti-católico. Mais tarde, estando Estanislau muito doente, este homem impediu que fosse visitado por um sacerdote e recebesse a Comunhão. Deu-se um grande milagre: ele teve uma visão de Nossa Senhora e do Menino e recebeu a comunhão da mão dos Anjos.

Não assistimos este milagre, mas conhecemos seus efeitos na vida daquele jovem estudante. Quis se fazer jesuíta. Ao os jesuítas faziam e fazem voto de não aceitar dignidades na Igreja e fora dela. A Polônia do tempo de Estanislau passava por um período de glória cultural e militar. A família, a começar pelo irmão mais velho, se opôs a esta vocação inoportuna para seus sonhos de grandeza humana.

Estanislau procurou o Padre Pedro Canísio (São Pedro Canísio), pedindo ingresso na Companhia. Os jesuítas de Viena ficaram preocupados, com a oposição da família, pensando que ela poderia se opor aos ministérios da Companhia de Jesus na Polônia. Estanislau ficou um tempo ajudando a lavar pratos e coisas assim. Percebendo que seu pedido causava problemas, tomou a decisão de ir a pé até Roma colocar seu caso nas mãos do Superior Geral, o Padre Francisco de Borja (São Francisco de Borja). Cruzou os Alpes, pobremente vestido, alimentado por esmolas, num tempo que já se fazia bastante frio nas alturas das montanhas. Seguiu pelas estradas italianas, completando a longa distância de milhares de quilômetros até Roma. Borja o acolheu em outubro de 1567, sem temer as ameaças dos Kostka de promover a expulsão da Companhia da Polônia. Um santo acolheu outro santo! Mas Estanislau estava mal alimentado e fisicamente esgotado. Aceito no Noviciado jesuíta em outubro de 1567, morreu em 15 de agosto de 1568. Foi canonizado por Bento XIII em 31 de dezembro de 1626. Sua festa litúrgica é no dia 13 de novembro. Santo jovem Estanislau, roga por nossos jovens!