Dicionário Nietzsche
agosto 30, 2016
O Evangelho do discípulo amado; Introdução à Filosofia da Arte; Margarida Maria – O amor do Coração de Jesus (em quadrinhos)
setembro 21, 2016

São Gregório Magno (540-604) 3 de setembro

São Gregório Magno, rogai pela Igreja de Deus!

São Gregório Magno (540-604)
3 de setembro

Não é um santo da devoção popular no Brasil. Nem por isso ele deixa de ter grande importância na Igreja, tanto que Gregório 1, Papa, recebeu o “sobrenome” de “Magno”. Ele está na lista dos doutores da Igreja, sendo considerado um dos quatro grandes doutores da Igreja do Ocidente, juntamente com Agostinho, Ambrósio e Jerônimo.

Gregório chegou a ser prefeito de Roma e herdou grande fortuna familiar, mas a usou toda para as boas obras, incluindo a fundação de mosteiros beneditinos, a fim de serem postos avançados da evangelização, na Itália, devastada e povoada por invasores germânicos. Sua própria mansão foi adaptada para um mosteiro beneditino, bem no centro de Roma, e o santo deu tudo o que lhe sobrara de bens para os pobres e se fez monge. Mas o Papa Pelágio II o tirou de sua vida entregue à oração e trabalho, para enviá-lo como seu representante junto à corte de Constantinopla, a Nova Roma. Terminada a missão, Gregório voltou à vida escondida no mosteiro. Mas, falecido Pelágio II, o clero e o povo romano o proclamaram Papa. Gregório se escondeu, mas o descobriram e lhe impuseram aceitar a eleição.

Gregório foi o Papa de tempos difíceis, a transição dos tempos da chamada “Idade Antiga” para a “Idade Média”. Mesmo tendo de se ocupar com muitos assuntos do governo da Igreja, das relações com o Patriarcado de Constantinopla e com os novos governantes dos povos germânicos invasores, ele cuidou, como bom beneditino, da liturgia, e a ele devemos o que tem sido chamado de “canto gregoriano”, em uso até hoje. Escreveu muito. Destaca-se sua famosa “Vida de São Bento”. Esta é a principal fonte para conhecermos São Bento, Patriarca dos Monges do Ocidente e um dos Patronos da Europa, e sua irmã, Santa Escolástica. Passou seus últimos anos fragilizado, mas continuou seu serviço de Papa mesmo de cama.

São Gregório, rogai pela Igreja!